A INCOERÊNCIA E INSENSATEZ DA EVANGELIZAÇÃO

Segundo ensina-nos o Novo Testamento, todos nós herdamos o pecado de Adão e, por isso, estamos irremediavelmente condenados à danação eterna, a menos que aceitemos o sacrifício de Cristo e a salvação que por este ato nos é gratuitamente dada, anulando as consequências desse pecado (“Porque, como pela desobediência de um só homem < Adão >, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um < Cristo> muitos serão feitos justos.” – Romanos 5:19).

Ora, analisemos o caso de uma pessoa que nunca teve a oportunidade de ser evangelizada, morrendo, portanto, em pecado sem conhecer a salvação em Cristo.

Se Deus condenar tal pessoa ao inferno, o que deveria acontecer segundo a teologia paulina, ele é INJUSTO, vez que ela não teve oportunidade de exercer sua fé e crer (“Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue?” – Romanos 10:13,14).

Por outro lado, se for para o céu, vez que morreu em “ignorância”, o que é defendido por certas linhas teológicas, admite-se serem inócuas as missões de evangelização, pois conseguiu a pessoa a redenção sem a necessidade de “crer” e exercer “fé” (“Porque pela graça sois salvos, POR MEIO DA FÉ; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie.” – Efésios 2:8).

Observa-se, assim, que “salvaríamos” muito mais vidas deixando-as na ignorância, do que evangelizando-as, o que é uma tremenda insensatez.

DIÁLOGO ENTRE UM MISSIONÁRIO E UM ESQUIMÓ:

– Esquimó: “Se eu não soubesse nada sobre Deus e pecado, eu iria para o inferno?

– Missionário: “Não, não se você não soubesse.

– Esquimó: “Então por que você me disse? ”  – Annie Dillard

Sendo algo tão óbvio, a pergunta que fica:

OS CRISTÃOS NÃO CONSEGUEM, OU, DE FATO, NÃO QUEREM ENXERGAR ISSO?

 

Anúncios

Sobre Irineu Costa Junior

Ex-fanático religioso (evangélico por cerca de 30 anos), hoje ateu militante contra as religiões, igrejas, líderes religiosos e superstições em geral, a favor e defensor da ciência, da lógica, da razão e do bom senso.
Esta entrada foi publicada em Religião. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s